Felipão e a seleção – Parte II

Com a saída (despedida) do Mano Menezes, a CBF optou por uma escolha “segura”.
Felipão já foi campeão pelo Grêmio, pelo Palmeiras (RIP), ganhou libertadores, e lógico campeão do mundo pela seleção em 2002.
Sua última e mais recente passagem como técnico não foi lá muito vitoriosa no Palmeiras, que acabou com sua demissão e consequentemente a queda para a 2a divisão. Tudo bem que não acredito que a culpa é só do técnico, os jogadores, diretoria e etc tem uma grande parcela de culpa.
Enfim…
Não acho que o Felipão é o técnico ideal para comandar a seleção, acho que já é um técnico defasado, e junto com o Parreira formam uma dupla de dar medo. Assim como tenho a mesma opinião sobre Leão e Luxemburgo. Suas fases vitoriosas estão no passado!
Em sua entrevista ele disse que o Brasil tem a obrigação de ganhar a copa. Mas será que ele vai conseguir esse feito, considerando que todos os jogos amistosos que a seleção jogou contra times do mesmo nível técnico, a seleção não se deu muito bem.
Felipão vai ter muito trabalho a frente nesse 1 ano e meio que faltam para a Copa. Precisa conhecer os jogadores, criar um time, que jogue entrosado, mas com cara de time e não 10 jogadores correndo atrás de uma bola. Vai ter que acabar com vaidades de alguns jogadores, e fazer as escolhas certas, cortar aqueles que se acham insubstituíveis.
Vai precisar de jogadores que jogam com “alma” e não pelo dinheiro, se não veremos reprises das últimas copas.
Só que dessa vez, será em casa, e ai, será a maior vergonha da seleção brasileira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s